SAÚDE: Mitos e verdades sobre o uso do sutiã

O uso do sutiã é envolto em diversos mitos que tentam reforçar a ideia de que é necessário usar o acessório ou os seios ficaram feios, flácidos e caídos.

A seguir apresentamos alguns dos principais mitos e verdades sobre o sutiã para esclarecer um pouco mais sobre esse universo nebuloso.

Não usar sutiã faz os seios caírem – mito

Um dos principais mitos sobre o sutiã que fazem muitas mulheres usarem o acessório é a afirmação de que se não o utilizarem os seios vão cair. No entanto, os efeitos da gravidade independem do uso ou não do sutiã, de forma que uma mulher que usa e outra que não usa sofrerão igualmente os efeitos da gravidade com seios mais caídos com o avançar a idade.

Dormir de sutiã é melhor – mito

Muitas mulheres usam o sutiã o tempo todo, inclusive para dormir, acreditando que essa escolha trará benefícios estéticos, como manter os seios mais firmes. No entanto, esse mito não se sustenta.

Sutiã com bojo causa cancro – mito

Esse mito um pouco mais preocupante também não se sustenta e é baseado na difusão de notícias equivocadas ainda na década de 1990. Acreditava-se que o sutiã prejudicava a circulação do sistema linfático favorecendo o acúmulo de toxinas nos tecidos corporais da região. Nenhuma pesquisa científica comprovou essa informação.

O que importa é a alça e não o bojo – verdade

No momento de escolher o sutiã muitas mulheres focam na qualidade da alça, o que é acertado visto que elas são responsáveis por cerca de 90% do suporte proporcionado.

Não usar o acessório faz mal – mito

Nenhum estudo indica que não usar sutiã faz mal, independente das características físicas da paciente. É importante ressaltar, no entanto, que o acessório é mais indicado para mulheres com mamas volumosas, pois ajuda a dar sustentação para a coluna vertebral.

 FONTE: Luciana Pepino

 

Classifique este item
(0 votes)