JOSÉ ABUDO, EX-MINISTRO DA JUSTIÇA: Gostaria de voltar a pescar

Nascido entre o litoral e o mar há 74 anos, José Ibraimo Abudo é natural de Angoche, na província nortenha de Nampula. A sua infância é contada pelas águas do mar, barcos, redes e varas de pesca, actividade que a sua memória não sabe a idade exacta com que começou a exercer.

Lembra com precisão que o seu sonho de génese era ser faroleiro como o pai. Segundo conta, “pensava que seria faroleiro como o meu pai ou qualquer outra profissão ligada ao mar”.

Frequentou o ensino primário na então Escola Manuel Simões de António Enes em Angoche, mas como tinha desejo de aumentar os estudos começou, cedo, a dedicar-se ao trabalho para poder pagar as despesas da sua formação, tendo, pata tal, começado a vender peixe.

Aos 15 anos de idade ruma para a cidade de Nampula onde ingressa para a formação técnica em Contabilidade pela Escola Industrial e Comercial Neutel d´Abreu de Nampula e Liceu Gaco Coutinho na mesma cidade, foi nestas escolas onde adquiriu competências para o seu primeiro emprego formal como Terceiro Oficial do Serviço de Contabilidade Militar na cidade de Nampula entre 1967 e 1968, trabalho que veio a exercer em Maputo entre 1972 e 1974 onde também frequentou o então Liceu Salazar de Lourenço Marques, actual Instituto Comercial de Maputo. Leia mais...

Texto de Eduardo Changule

Classifique este item
(0 votes)