DICAS DA VOVÓ: Não revele segredos da tua família ao parceiro

 

- vovó Isabel, de Maputo

 Uma das melhores sensações que o ser humano pode experimentar é, sem dúvida, o amor. Falamos, especialmente, do sentimento que um homem nutre por uma mulher e vice-versa; aquele que o transporta até às nuvens, deixa-o de olhos afinados e de sorriso espontâneo no rosto, sem saber o que dizer e, por vezes, dizendo tudo o que sabe. Pois bem, é exactamente aqui onde pretendíamos chegar, na verdade, orientados pela vovó Isabel, que aceitou passar alguns ensinamentos através do jornal domingo.  

A avó Isa mandou dizer que é preciso ser comedido, verbalmente falando, quando se leva uma relação amorosa adiante. Ora, as palavras são dirigidas a certas pessoas, que geralmente não colocam um travão na língua e desatam a relatar tudo e mais alguma coisa sobre a vida da sua família. Questionou onde se busca tamanha coragem, “para falar dos teus pais, dos teus familiares...”. Conforme observou, isto equivale a “despir-se (de valores) perante o teu parceiro. Como é que ele há-de olhar para a tua família?”, questiona. Consequentemente: “ele não te vai respeitar, porque tu próprias não te respeitas”, rematou.

 

 

 

Classifique este item
(0 votes)