Ovo é igual a vida

Estamos a falar de uma equação absolutamente vital, virada para uma nutrição saudável, que pode definir o futuro do país.

Segundo estatísticas do Governo, mais de dois milhões de crianças moçambicanas estão em desnutrição crónica e já experimentam o risco de atraso permanente em termos de desenvolvimento intelectual.

Ou seja: metade das nossas crianças terá problemas sérios nos próximos vinte anos, e Moçambique poderá possuir metade da população activa com problemas de saúde de desenvolvimento cognitivo devido a problemas nutricionais adquiridos na infância e, sobretudo, associados ao baixo consumo de ovo.

Segundo o Instituto Nacional de Estatísticas (censo 2017), 46,6 por cento da população moçambicana têm menos de 14 anos de idade.

 PRIMEIROS MIL DIAS DE VIDA EXIGEM MUITO NO CONSUMO DE OVO

A vida de um ser humano inicia ainda no útero da mãe, quando a sua existência se resume a uma célula. Os primeiros mil dias desde então, que vão desde a concepção até ao fim do segundo ano de vida, em muito irão revelar o futuro do cidadão adulto em termos de capacidade de trabalho e competência intelectual. Leia mais...

Texto de Bento Venâncio

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)