Os Uptis, de Unique Puncture-Proof Tire System, vão começar a rolar nas estradas dentro de alguns anos. Este é o protótipo da Michelin para um pneu sem ar e com aspecto futurista.

Segundo a Exame Informática, o primeiro veículo a ter estes pneus deverá ser da General Motors, em 2024. Há várias vantagens com esta novidade da Michelin, de entre as quais a mais óbvia é não ter de lidar com um furo nunca mais.

De acordo com o Roadshow, não é necessária qualquer manutenção ou verificação periódica dos Uptis. Os carros equipados com este tipo de pneu deixam de ter a necessidade de andar com as ferramentas para a substituição, para verificação de pressão ou com o pneu sobressalente, poupando peso e custo.

Para Steve Cron, engenheiro sénior da Michelin, quando os Uptis se desgastarem, é possível revesti-los com uma nova camada de borracha, não sendo preciso a substituição integral. Com esta abordagem, os pneus da Michelin podem potencialmente durar tanto tempo quanto o veículo.

Este modelo é inspirado nos Tweel, que estão no mercado há cinco anos e disponíveis para equipamentos que não têm de ir para a estrada, como corta-relvas, por exemplo. Os Tweel não podem ser usados para equipar veículos de passageiros devido à utilização de materiais que reforçam a rigidez e tornam a viagem mais incómoda. Já os Uptins são endurecidos com fibra de vidro e resina, o que permite que os trajectos sejam feitos de forma mais suave para os passageiros.

Ainda não há qualquer previsão de custos para os Uptis, uma vez que estão ainda a alguns anos de chegar às estradas.

 

Exame Informática

 

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 61,72 62,95
ZAR 4,18 4,26
EUR 68,69 70,06

18.10.201Banco de Moçambique

+ lidas