Acção dos terroristas faz sofrer o povo - Filipe Nyusi, Presidente da República

“O povo inocente tem estado a sofrer por causa da acção impiedosa dos terroristas, que reduzem a nada os resultados de muitos anos de trabalho de numerosas famílias nas aldeias e vilas em Quissanga, Mocímboa da Praia, Muidumbe, Nangade, Macomia e Palma”, disse há dias Filipe Jacinto Nyusi, Presidente da República, no quadro do memorando de entendimento assinado na cidade de Pemba, província de Cabo Delgado, entre o Governo, representado pelo ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Celso Correia, e pelo director da região Oriental e Austral de África da Agência das Nações Unidas para a área de Projectos (UNOPS), Rainer Frauenfeld.

O memorando rubricado implica o desembolso de 100 milhões de dólares pelo Bando Mundial para o Projecto de Resposta da Crise no Norte do país. O valor será gerido pela Agência de Desenvolvimento Integral do Norte (ADIN) e pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento Sustentável (FDS), sob supervisão da Agência das Nações Unidas para Área de Projectos (UNOPS).

Na ocasião, Nyusi disse que o montante para o Projecto de Resposta da Crise no Norte de Moçambique vai ser alocado em obras de construção de várias infra-estruturas, incluindo 800 salas de aula, 10 hospitais, 43 sistemas de abastecimento de água e 200 casas para professores. Leia mais...

Classifique este item
(0 votes)
Última modificação: Domingo, 02 Maio 2021 08:41