Print this page

Moçambique apoia iniciativas culturais

Fevereiro 07, 2021 1175

Moçambique apoiou, ontem, a decisão de dedicar um por cento do orçamento da União Africana à iniciativas que visam revigorar a actividade cultural e criativa do continente.

A operacionalização do fundo africano para o património cultural irá acima de tudo valorizar e preservar as múltiplas conquistas que tornam a África um continente único e com entidade própria.

Esta ideia foi ontem proposta pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, durante o seu discurso na 34ª Cimeira de Chefes de Estados e de Governo da União Africana, que decorre em formato virtual.

“Somos chamados a congregar os nossos esforços com vista a ractificar a carta do renascimento cultural africano aprovado em Janeiro de 2006. A sua implementação permitir-nos-á, ao nível dos Estados-membros, dotar os nossos orçamentos cientes da necessidade de os mesmos serem capazes de alavancar iniciativas nos domínios da cultura e do turismo, em toda sua cadeia de valor”, destacou Filipe Nyusi, na cimeira que hoje termina.

Classifique este item
(0 votes)