TERRORISMO EM CABO DELGADO: Paquitequete regista pico de chegada de deslocados

Paquitequete, um bairro histórico da cidade de Pemba, registou recentemente o maior fluxo de deslocados, com a chegada de mais de 10 mil pessoas, das quais 4 mil são crianças, oriundas dos distritos afectados pelo terrorismo em Cabo Delgado.

Até semana finda, o número de deslocados ascendia a mais de 435 mil pessoas que procuram segurança em alguns distritos das províncias de Cabo Delgado, Nampula, Zambézia, Niassa, Manica, Sofala e Inhambane.

Segundo garantias dadas pelo Primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário, em coordenação com os parceiros nacionais e internacionais, os deslocados – 403 mil pessoas que estão nos centros de acomodação – estão a receber assistência em bens alimentares e não alimentares.

“Criámos até ao momento 13 centros de acomodação, dos quais seis em Cabo Delgado, quatro em Nampula, dois em Manica e um na província do Niassa”.

O Governo esteve semana finda na Assembleia da República para interagir com os deputados, sendo que a sessão acabou dominada pela guerra no Norte e Centro do país. Leia mais...

Classifique este item
(0 votes)