Print this page

Os milhões que a corrupção rouba ao Estado moçambicano

Setembro 26, 2020 754

Mil e 272 milhões 305 mil 875 Meticais e 82 centavos é quanto o Estado moçambicano perdeu durante os primeiros seis meses deste ano, devido a actos de corrupção, afirmou o Presidente da República, Filipe Nyusi, aquando da visita de trabalho à província de Gaza.

Os prevaricadores moram em todos os sectores do Estado, daí a necessidade de se combater veementemente este fenómeno com efeito corrosivo a todos os níveis.

Outro ponto que preocupa o Governo é o branqueamento de capitais que pode estar associado a actos de corrupção.

Neste aspecto, na última visita realizada à província de Gaza, o estadista falou de avanços significativos no último quinquénio, assentes na aprovação de importantes instrumentos legais pela Assembleia da República.

São os casos da Lei de Repressão e Combate ao Terrorismo, com destaque para o Branqueamento de Capitais, a Revisão da Lei que cria o Gabinete de Informação Financeira de Moçambique – (GiFiM) e a Lei de Cooperação Jurídica e Judiciária. Leia mais...

Classifique este item
(0 votes)