FDS repelem ataque terrorista a Bilibiza

As Forças de Defesa e Segurança (FDS) repeliram, ontem, um ataque terrorista ao Posto Administrativo de Bilibiza, distrito de Quissanga, província de Cabo Delgado, segundo confirmou, esta manhã, o Presidente da República e Comandante-Chefe das Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM), Filipe Nyusi.

O Chefe do Estado prestou esta informação, na Praça dos Heróis Moçambicanos, em Maputo durante as cerimónias centrais do 56ª aniversário do desencadeamento da luta armada e Dia das FADM.

 Na ocasião, o Presidente da República sublinhou que apesar das circunstâncias adversas, “com galhardia de combatentes dos outros tempos, os nossos jovens não vacilam porque estão conscientes da sua missão de combater o terrorismo, uma versão de guerra diferente das lutas passadas”.

 Segundo defendeu, trata-se de jovens que apesar de adversidades de vária índole estão no terreno a garantir a defesa da soberania e integridade territorial.

 Neste exacto momento temos jovens nos teatros operacionais do Norte e Centro do país. Sei dizer que ainda ontem repeliram fortemente um ataque a Bilibiza. São esses homens oriundos de todas etnias, tribos, raças, credos religiosos, sem cores políticas que têm em comum a bandeira multicolor que nos identifica como Nação que têm demonstrado alto sentido de patriotismo, bravura em defesa da nosso soberania e integridade territorial”.

 Entretanto, na mesma ocasião foram condecorados 30 personalidades que se destacaram nas várias frentes, entre os quais cinco jovens militares com a medalha de Mérito Militar. Trata-se de jovens envolvidos no teatro operacional norte, dos quais, dois a título póstumo .

 

Classifique este item
(0 votes)