“Nhongo diz coisas sem cabeça” - afirma Ossufo Momade, presidente da Renamo

Ossufo Momade, presidente da Renamo, o maior partido da oposição em Moçambique, reafirma que Nhongo já não é assunto do seu partido. "Quando alguém ataca civis, infra- -estruturas é da responsabilidade de quem?", questiona numa entrevista exclusiva ao domingo.

E acrescenta: "já tentámos conversar com Nhongo, trazê-lo à razão, mas Nhongo diz coisas sem cabeça".

Ainda nesta entrevista, o líder da Renamo destaca as boas relações até agora com o Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, e revela satisfação pela forma como o processo de Desmobilização, Desarmamento e Reintegração (DDR) está sendo conduzido. “Tudo correu bem, num ambiente satisfatório. Os militares desmobilizados já estão nas suas povoações, aldeias. Estão satisfeitos porque vivem juntamente com os seus familiares”, observou.

Ossufo Momade mostrou, entretanto, preocupação com ataques no Centro e Norte do país.

Segue a entrevista em discurso directo.

Como avalia a situação política no país?

A situação não está boa, porque você nunca pode ouvir que o seu vizinho está doente e pensar que esta é uma situação agradável.

Enquanto o país tiver fogo em alguns pontos não podemos afirmar que está em boas condições.

Temos instabilidade no Centro e em Cabo Delgado. Estas situações preocupam-nos na medida em que em todos esses sítios a população não está a viver aquela paz que desejamos. Temos acompanhado aquilo que está a acontecer em Cabo Delgado e ficamos tristes com a deslocação de muitas famílias e com as mortes. Neste momento, a população já está a alcançar a província de Nampula. Os números são preocupantes e dificilmente o próprio Governo consegue assistir essas populações. Mesmo na cidade de Pemba temos muitos deslocados, alguns destes nos campos de acolhimento.

Por outro lado, temos hoje um inimigo comum, a covid-19. Estamos igualmente preocupados, uma vez que os números estão a subir. Gostaríamos que o Governo pudesse tomar medidas para que o país não saia prejudicado.

Na zona Centro destaca- -se a actuação da junta militar. De que maneira a Renamo tem dialogado com ela para ultrapassar esse problema que mencionou da zona Centro?

Texto de Bento Venâncio

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)
Script: