Membros e simpatizantes da Frelimo percorrem, a pé, o troço entre o Aeródromo de Quelimane e a sede do partido, ao lado do candidato presidencial desta formação política, Filipe Nyusi que ontem à tarde desembarcou na capital provincial da Zambézia.

Durante o trajecto, os potenciais eleitores garantiram votos quer à Frelimo e seus candidatos à Assembleia da República e à Assembleia provincial quer a Filipe Nyusi, por considerarem que têm projectos fiáveis conducentes ao desenvolvimento do país.

A caminhada foi animada por cânticos de apoio a Filipe Nyusi e candidatos da Frelimo.

Numa breve declaração à Imprensa, durante a marcha, Filipe Nyusi agradeceu a recepção e prometeu não defraudar as expectativas dos potenciais eleitores que, segundo as suas palavras, estão a demonstrar que se identificam com o seu manifesto para os próximos cinco anos.Em Quelimane, Filipe Nyusi orientou um comício na sede do partido onde instou aos eleitores indecisos a tomarem a decisão acertada que é votar na Frelimo e seus candidatos. “Aqui não é ringue de boxe, mas de discussão de projectos de desenvolvimento. A nossa posta é a promoção de emprego para a juventude e os moçambicanos em geral”.

Na mesma ocasião Nyusi voltou a apelar aos potenciais eleitores a serem vigilantes e não se deixar levar por falsas promessas de alguns candidatos que nem sequer conseguem pagar salários nos municípios por eles dirigidos.

Referiu que Chiúri, em cabo Delgado, é exemplo de municípios onde os funcionários não recebem os ordenados há a três meses.

Entretanto, antes de Quelimame, Nyusi visitou os distritos de Mocímboa da Praia, em Cabo Delgado, e Marromeu, em Sofala. No primeiro condenou os assassinatos de cidadãos inocentes por homens armados aquém pediu para se apresentarem publicamente, explicar as suas motivações e dialogar, como se fez com a Renamo.