A preservação da paz,  criação de mais postos de emprego para jovens,  desenvolvimento de infra-estruturas sociais e combate à corrupção constituem os pilares do compromisso do candidato presidencial da Frelimo, Filipe Nyusi, para o próximo quinquénio.

Nyusi procedeu, esta tarde, em Nampula, ao lançamento do seu compromisso para os próximos cinco anos, assente em pilares que, segundo argumentou, têm potencial para desenvolver o país. 

Defendeu que se trata de projectos que visam dar oportunidades iguais a todos os moçambicanos.

Neste sentido, exortou aos potenciais eleitores da cidade e província de Nampula a votarem na Frelimo e nos seus candidatos para darem continuidade aos projectos iniciados no presente mandato, mormente a construção de hospitais, escolas estradas e o Sustenta que só em Ribauè gerou  350 mil toneladas e 800 mil, em Malema.

Em relação ao combate à corrupção sublinhou que vai incentivar a denúncia aos corruptos e protecção dos denunciantes.

Dirigindo se aos membros e simpatizantes do partido Frelimo, no campo 25 de Junho na, na cidade de Nampula, o candidato presidencial da Frelimo afirmou que “o combate à corrupção continuará a ser uma das nossas bandeiras. Vocês viram, no quinquénio prestes a findar, que o corruptor não é aquele que queremos que seja. Não vamos perseguir a ninguém, uma vez que as pessoas vão aparecer sozinhas.

Sobre as infra-estruturas indicou que pretende concluir os projectos das estradas Ponta de Ouro - Rio Rovuma de modo a ligar o país à vizinha Tanzania e a do Zumbo ao Índico passando por Tete, além do troço Cuamba-Lichinga.

Destacou também como prioridades para os próximos cinco anos os projectos “Um Distrito Um Banco”, na fase final e o recém-iniciado programa “Um Distrito Um Hospital”.
Amanhã Nyusi vai escalar os distritos de Angoche e Mossuril onde vai continuar a apresentar o seu compromisso para o próximo quinquénio.

Texto de Domingos Nhaúle, em Nampula

 


Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 61,11 62,29
ZAR 4,16 4,24
EUR 67,19 68,49

12.09.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 386 visitante(s) ligado(s) ao Jornal