O Presidente da República, Filipe Nyusi, e o líder do partido Renamo, Osufo Momade, assinaram, no final desta tarde, na capital do país, o acordo de Paz e Reconciliação de Maputo, naquilo que constitui o desfecho feliz do diálogo político entre o Governo e este partido na oposição, há cerca de dois anos.

A cerimónia, realizada no recinto do Parque da Paz, foi testemunhada por altos dignitários nacionais e estrangeiros, com destaque para Hage Geingob, Presidente da Namíbia e presidente em exercício da SADC; Paul Kagame, Chefe do Estado do Ruanda; Cyril Ramaphosa, da África do Sul; Edgar Lungo da Zâmbia;  Mousa Faki Mahamt, presidente da Comissão da União Africana e Federica Mogherine, alta representante da União Europeia para Política Externa e Segurança.O acordo assinado hoje segue-se ao entendimento assinado semana no interior do Parque Nacioonal da Garongosa, na província de Sofala, entre Nyusi e Momade com vista à cessação definitiva das hostilidades militares.

Em discurso de ocasião quer o Presidente Filipe Nyusi, quer o líder da Renamo assumiram o compromisso de enveredarem pelo diálogo para a superação futuras diferenças de ideias.

 

 

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 63,6 64,83
ZAR 4,56 4,65
EUR 71,57 72,96

11.04.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 416 visitante(s) ligado(s) ao Jornal