“Bem-aventuradas as pessoas que sofrem perseguição por fazer a vontade de Deus, pois o reino dos céus é deles” Mateus 5:10

"O ser humano deve desenvolver, para todos os seus conflitos, um método que rejeite a vingança, a agressão e a retaliação. A base para esse tipo de método é o amor". "O que mais preocupa não é o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem carácter, dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons". Acabei de citar três frases extraídas do Livro “Força para Amar” do Pastor Baptista Norte-americano, Martin Luter King Jr, um verdadeiro “Herói pela sua Fé”.Em homenagem a essa classe de heróis, o Mundo elegeu o dia 26 do corrente mês, para se assinalar a data do Pastor. Faz-se pois mister que, as Igrejas e aqueles que reconhecem num desses “Curas de Alma” algum trabalho meritório que o conduza ao heroísmo pela fé, o tragam à superfície para o devido reconhecimento e reverência. Esta efeméride,  traz-me à lembrança, nomes de três famosas famílias de Evangelistas e Pastores da congregação da qual eu próprio sou subproduto. São famílias que pela sua entrega à causa da evangelização, durante a longa noite colonial, foram sujeitas a perseguições e submetidas a sevícias só pelo facto de pregar o Evangelho do Filho do Carpinteiro de Nazaré. Mas valeu a pena pois os frutos dessas perseguições e sofrimentos se fazem sentir até aos dias hoje, visto que os descendentes dessas famílias prosperam em qualquer área onde quer que se encontrem mercê do trabalho feito pelos seus antepassados. Refiro-me às famílias que no nosso distrito e através da sua Fé deixaram gravados os seus nomes com letras doiradas. Trata-se das famílias Gwamba, Samo Gudo e Machel este último com incidência na Provincia de Gaza, cujos descendentes deviam, como forma de honrar os seus antepassados, pesquisar e trazer para o consumo do público, tudo quanto souberem sobre o heroísmo pela Fé dos seus antecessores. Aleatoriamente vamos pegar como exemplo o trabalho feito pelo Pastor Moisés Mandande Malengane Machel, da referida Igreja Metodista Livre em Moçambique. Segundo um dos seus colegas e biógrafos (do Pastor Moisés Machel), o também Pastor já Aposentado, Mateus Damião Mawokwane, este, considera o Pastor Moisés Machel um verdadeiro herói pela sua Fé, tendo em conta o trabalho por si efectuado durante mais de três décadas, não só na sua região de origem, como até além fronteiras, caso da vizinha África do Sul onde inicialmente muitos moçambicanos como ele caminharam até lá e cá a pé. Leia mais...

Por Kandiyane Wa Matuva Kandiya

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 61,11 62,29
ZAR 4,16 4,24
EUR 67,19 68,49

12.09.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 406 visitante(s) ligado(s) ao Jornal

+ lidas