Mais água potável para Grande Maputo

A população da área metropolitana do Grande Maputo (Cidades de Maputo e Matola e o distrito de Marracuene) passam a dispor de mais água potável com a inauguração esta manhã, pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, da Estação de Tratamento de Água de Sábié.

A infra-estrutura tem capacidade para produzir 60 mil metros cúbicos de água por dia, num investimento de 220 milhões de dólares norte americanos.

Trata-se de empreendimento localizado no posto administrativo de Sábie, distrito da Moamba, província de Maputo que numa primeira fase vai abastecer, adicionalmente, a cerca de 560 mil pessoas dos municípios da Matola, Maputo e distrito de Marracuene.

Construída no âmbito dos esforços de expansão do sistema de abastecimento deste recurso à região metropolitana do Grande Maputo, a infra-estrutura compreende uma linha de transporte de cerca de 100 quilómetros do distrito da Moamba até ao bairro da Machava, no município da Matola e prevê outros 18 quilómetros de conduta adutora para os centros distribuidores de Intaka, Matlemele e Guava.

Intervindo na ocasião, o Presidente da República sublinhou que a infra-estrutura visa garantir a disponibilidade de água potável durante todo o ano e reduzir as restrições no seu fornecimento causadas pela limitação do rio Umbeluzi até então única fonte.

O Chefe do Estado apelou à população residente ao longo da conduta no sentido de preservá-la para que o investimento feito não tenha sido em vão.

Por conta disto, não queremos ouvir actos de sabotagem deste projecto moderníssimo. Acima de tudo, a população deve ter em conta que a água nunca é suficiente daí a necessidade de poupa-la sobretudo agora que temos de lavar as mãos sempre. É preciso fechar as torneiras, evitar derrames...”, salientou.   

Classifique este item
(0 votes)
Última modificação: Quarta, 02 Junho 2021 13:00