Mortalidade por HIV reduz no país

Tende a baixar a mortalidade associada ao HIV em Moçambique. Segundo o ministro da Saúde, Armindo Tiago, estima-se que cerca de 38 mil pessoas morreram de HIV no país em 2020.

“Embora o número seja elevado, se tivermos em conta o passado, entendemos claramente que há uma redução da mortalidade por HIV que já esteve em 61 mil”, sublinhou.

O governante referiu que 2,1 milhões de pessoas no nosso país vivem com HIV/SIDA neste momento.

Armindo Tiago disse que, não obstante o HIV/ SIDA manter-se um problema de saúde pública em Moçambique, o Governo tem feito esforço para diminuir o seu impacto. “Aumentámos as unidades sanitárias que providenciam serviços de Tratamento Anti-retroviral (TARV) e melhorámos todo o processo de provisão de todos os serviços e Mortalidade por HIV reduz no país pacotes para o HIV/SIDA”, observou. Leia mais...

Classifique este item
(0 votes)