Presidente da República endereça condolências pela morte de Abdul Carimo

O Presidente da República, Filipe Nyusi, endereça condolências à família e a toda comunidade religiosa do país pela morte, na madrugada de hoje, do antigo presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE),  Sheikh Abdul Carimo Sau,  vítima de doença.

Na sua página do fecebook o Chefe do Estado escreveu : foi com profunda dor e consternação que tomámos conhecimento do desaparecimento físico do Sheikh Abdul Carimo ocorrido a 31 de Março, na cidade de Maputo, vítima de doença.

O estadista moçambicano escreveu ainda que a capacidade de ponderação e integridade do malogrado, ditada pela dedicação à causa da harmonização social que escolheu seguir como líder religioso, fizeram com que os seus pares o escolhessem para os representar na CNE e essa confiança foi reflectida na forma isenta como dirigiu o órgão eleitoral.

Segundo o Chefe do Estado, para além de ter dirigido a CNE, o Sheikh Abdul Carimo foi líder religioso destacado, com enfoque para os seus sermões, quer no púlpito, assim como na imprensa, que contribuíram sobremaneira para a harmonia dos crentes de várias religiões. 

Neste momento de dor, quero dirigir os meus sinceros pêsames à família e à toda a comunidade religiosa do país. Que sua alma descanse em paz, sublinhou .

 

Classifique este item
(0 votes)