Mantém-se alerta nas zonas ribeirinhas

Apesar de as principais bacias hidrográficas do país registarem oscilação dos níveis com tendência a baixar, a Direcção Nacional de Gestão dos Recursos Hídricos (DNGRH) mantém o alerta sobretudo para as populações que vivem em zonas baixas e ribeirinhas, com destaque nas bacias de Maputo, Incomáti, Limpopo, Inhanombe, Save, Buzi, Púngoè e Zambeze.

De acordo com projecções do DNGRH, na região Sul do país, a bacia hidrográfica do rio Inhanombe poderá oscilar com tendência a baixar, podendo sair do alerta.

Por outro lado, as bacias do Maputo e Incomáti poderão registar uma descida gradual do nível, a bacia do Limpopo poderá registar oscilação do nível hidrométrico com ligeira tendência a subir, mantendo-se em alerta.

Classifique este item
(0 votes)
Última modificação: Sábado, 20 Fevereiro 2021 21:11