País regista 764 casos positivos e 4 óbitos

Mais quatro pessoas perderam a vida, de 16 a 20 de Fevereiro, vítimas da pandemia viral da covid-19 em Moçambique. Destas, três são do sexo feminino e um do sexo masculino, sendo todos de nacionalidade moçambicana com idades que variam de 48 a 78 anos de idade, de acordo com o Ministério da Saúde (MISAU). Até a tarde de ontem, o país tinha registado 764 casos positivos, dos quais 435 pacientes do sexo masculino e 329 do sexo feminino. Estes dados resultaram da testagem de um total de 2770 pacientes nas unidades públicas e privadas em todo o país.

Dos novos casos positivos, 755 são de nacionalidade moçambicana e nove estrangeiros, todos resultantes de transmissão local.

Segundo o comunicado enviado ao domingo, a cidade de Maputo continua no topo das províncias com maior número de infecções, com registo de 195 casos (25,5 por cento do total nacional), seguida de Sofala que totalizou 147, correspondente a 19,2 por cento. De sexta-feira para ontem, as altas superaram os internamentos. Nesse intervalo, 34 pacientes receberam alta hospitalar e pelo menos 10 pessoas ficaram internadas. Com isso, o cumulativo de pacientes internados é de 401 indivíduos, dos quais 244 continuam sob cuidados médicos nos centros de internamento de covid-19 e outras unidades hospitalares com capacidade para o efeito.

 

Classifique este item
(0 votes)