PARA COMBATER DESNUTRIÇÃO CRÓNICA: FARE financia produção de papas fortificadas

O Fundo de Apoio à Reabilitação da Economia (FARE) concedeu quatro milhões de Meticais à empresa Winnua (Crescer), localizada no distrito de Mocuba, na província da Zambézia, para a aquisição de matéria-prima necessária para a produção de papas enriquecidas tidas como eficazes no combate à desnutrição crónica.

Voltada inicialmente para a produção de farinha de milho e leite de soja, a Winnua investiu ao longo do ano passado na montagem de uma linha extrusora que lhe permite produzir 500 quilogramas (kg) de papas fortificadas por hora, podendo atingir três mil toneladas deste produto por ano.

Dados colhidos, há dias, junto de Fernando Xerindza, encarregado pelas operações daquela empresa, indicam que a opção pela produção de papas resulta do facto de a empresa pretender contribuir para o combate à desnutrição crónica que afecta um grande número de crianças da província e, quiçá, das regiões Centro e Norte do país. Leia mais...

Classifique este item
(0 votes)