PARQUE DE BAZARUTO: Fiscais dormiam numa incubadora de crocodilos

Chegou ao fim o martírio. A equipa de fiscalização do Arquipélago do Parque Nacional do Bazaruto (PNAB), na província de Inhambane, conta com infra-estruturas condignas, inauguradas na segunda-feira na nova sede de gestão. Ficam para a história as acomodações no espaço onde funcionava uma incubadora de crocodilos de pequenas dimensões - 1,80 metro de altura - e ventilação quase inexistente, o que fazia com que nos dias de intenso calor “vivessem” um autêntico inferno.

As novas infra-estruturas da renovada sede do PNAB são de alvenaria, compreendem dormitórios, escritórios, salas de comando com sistemas de comunicação, passadeiras em betão, cozinha e refeitório, casas de banho, um investimento de cerca de quatro milhões de dólares.

Em termos parcelares, representaram um investimento de 1.5 milhão de dólares, ao qual se somam dois milhões gastos para o desenvolvimento comunitário, designadamente no abastecimento de água para consumo e irrigação de machambas. Cerca de meio milhão foi aplicado no sistema de operações de desenvolvimento das actividades do parque. Leia mais...

Texto de Benjamim Wilson

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)