Estado da Nação é de resposta inovadora e renovada esperança

- Afirma o Chefe do Estado, na Assembleia da República 

 O Chefe do Estado, Filipe Nyusi, afirmou que o Estado da Nação é de resposta inovadora e renovada esperança, porque o povo moçambicano foi capaz de responder de forma dinâmica e criativa às adversidades.

 Entre os constrangimentos destacam-se o terrorismo, em alguns distritos de Cabo Delgado, ataques armados, no centro do país, e a pandemia da Covid-19

Numa intervenção de cerca de três horas, o Chefe do Estado fez uma radiografia completa da situação geral da Nação, enumerando as realizações e os desafios que se seguem, os quais precisam de ser encarados com muita galhardia e vontade de vencer.

Nyusi destacou que estando atento às contrariedades expostas acima, o Governo não perdeu o foco, assim como a população não abandonou a sua característica de solidariedade para com os outros, em momentos difíceis.

Na ocasião enumerou algumas realizações e programas de governação, entre eles, PRAVIDA ( Água Para Vida), Habita Moçambique, gestão sustentável dos recursos florestais, que estão a concorrer para a boa governação e elevação dos níveis de confiança do povo.

A título de exemplo,apontou o combate cerrado à caça furtiva de animais protegidos na Reserva do Niassa, onde de 2015 a 2018 nos últimos dois anos não foi abatido nenhum elefante.

Apontou igualmente o programa Habita Moçambique ( construção de casas convencionais para os que auferem salário mínimo nacional), como uma das formas que concorre para a melhoria da qualidade da vida dos moçambicanos, sobretudo, para os jovens.

Tratou-se do primeiro informe do Presidente da República, neste segundo mandato, iniciado a 15 de Janeiro de 2020.

Classifique este item
(0 votes)