Empresas oferecem material de saúde ao Governo

O Sistema Nacional da Saúde conta desde hoje com novos materiais equipamentos hospitalares oferecidos por diversas empresas no quadro do apoio aos esforços do Governo no combate à Covid-19.

Trata-se de oito ventiladores móveis, 100 camas hospitalares, 100 mesas de leito, 27.500 litros de desinfectantes das mãos a base de álcool, 2500 unidades de máscaras, 3.365 batas cirúrgicas 398 batas descartáveis, 39.800 e máscaras 357 unidades de álcool 596 aventais descartáveis, 15 oxímetros de pulso e 20 concentradores de oxigénio.

 O material foi entregue esta tarde ao Ministério da Saúde por representantes das empresas Portos de Maputo, Sasol, Shell, Gauff engeenering, Operation Smile, Sotux e Heineken.

 Na ocasião, o ministro da Saúde, Armindo Tiago, saudou o gesto das empresas de responderem aos apelos das autoridades do sector com vista ao  combate o novo coronavírus.

 “Estas doações sucedem num momento cada vez preocupante para Moçambique, devido ao crescente número de novas infecções diárias, internamentos e óbitos devido a esta doença, o que pressupõe maior exposição ao risco de contaminação dos profissionais de Saúde”.

 Disse, igualmente, que o material recebido é de extrema importância para o sector da Saúde, uma vez que vai contribuir para que os profissionais do sector fiquem melhor protegidos e para que os pacientes tenham melhor atendimento.

Enquanto isso, os representante das empresas doadoras enalteceram os esforços do Governo no combate ao novo coronavírus no país e prometeram canalizar mais apoios ao sector.

Refira-se que o sector da Saúde tem vindo a receber apoios de diversas unidades nacionais e estrangeiras, sendo que esta é uma das maiores feitas por empresas que operam no país.

 

 

 

 

 

Classifique este item
(0 votes)