Criminalidade reduz 7 por cento

O país registou, de Janeiro a Outubro do presente ano, uma redução dos índices criminais em comparação com igual período do ano passado.

Com efeito, no período em referência, a Polícia da República de Moçambique (PRM) registou 13.055 casos de natureza criminal contra 14.049 em igual período de 2019, uma redução de 994 casos o que representam uma queda de 7 por cento.

Durante o período em referência, conforme a ministra, a PRM deu seguimento a treze casos de raptos, sendo que destes: quatro ocorrem na cidade de Maputo, três na província de Maputo, quatro em Sofala e dois em Manica.  

“Em conexão com os casos, quatro indivíduos foram detidos alguns dos quais autores-confessos com processos crime a seguir os em seus trâmites legais junto ao Ministério Público”.

A redução dos índices de criminalidade, de acordo com a ministra, é reveladora de que a situação global, no que respeita a ordem, segurança e tranquilidade públicas no país está sob controlo não obstante o registo de casos hediondos e horrendos de crimes violentos mormente os raptos, com o intuito de extorsão criando um clima de insegurança na classe empresarial.

Helena Kida acresceu ainda que a PRM, em coordenação com outras instituições relevantes e a sociedade civil está a fazer de tudo para a prevenção e combate enérgico aos fenómenos de raptos   e outras manifestações de criminalidade violenta.

 

 

 

 

 

Classifique este item
(0 votes)