FDS abatem 22 terroristas

As Forças de Defesa e Segurança (FDS) abaterem nos últimos três dias um total de 22 terroristas no distrito da Mocímboa da Praia, província de Cabo Delgado, segundo confirmou esta manhã em Conferência de Imprensa, em Maputo, o ministro do Interior, Amade Miquidade.

O titular da pasta do Interior explicou que as FDS infringiram significativas baixas aos terroristas na sequência do cerco e assalto a sua base designada de Síria, no distrito da Mocímboa da Praia. Note-se que há cerca de três meses que a região regista confrontos militares.

Além das baixas humanas, Amade Miquidade falou da destruição dos meios materiais, designadamente, veículos que os terroristas usavam para a sua mobilidade, entre outros bens outrora apossados violentamente da população.

Abatemos 22 terroristas e alguns dos seus líderes. As operações continuam. As FDS no Teatro Operacional Norte, estão com bravura e continuam a realizar operações cirúrgicas contra os terroristas, incidindo as suas acções sobre as bases e acampamentos dos terroristas”, disse.

Na ocasião, o ministro do Interior lamentou a deslocação de cidadãos daquela zona de conflito. No entanto, assegura que os últimos resultados dos combates mostram sinais do reestabelecimento da segurança.

Chamamos a todos os moçambicanos para se unirem a volta desta causa que é da garantia da soberania do nosso Estado. Ademais, exortamos para necessidade de contínuo apoio à população  deslocada do seu habitat habitual.

Relativamente ao Teatro Operacional Centro, Miquidade afirmou que as FDS tem cumprido com a orientação do Presidente da República e Comandante-Chefe no sentido de não perseguir os homens da auto-proclama junta militar da Renamo para dar oportunidade destes embarcarem para o diálogo político, no sentido de resolver as suas preocupações.

 

 

 

Classifique este item
(0 votes)