Já jorra água nas torneiras de Zitundo

Pela primeira vez na história, os habitantes de Zitundo, localidade da Ponta do Ouro, distrito de Matutuíne, na província de Maputo, já consomem água potável a partir das torneiras de casa, fruto da entrada em operação, quinta- -feira, de um centro distribuidor construído de raiz naquela estância balnear situada mais a Sul de Moçambique.

O momento foi assinalado com alegria pelos residentes desta região com elevado potencial turístico, que chegavam a consumir água imprópria ou percorrer distâncias consideráveis para satisfazer as suas necessidades básicas.

Através de um investimento de 67,3 milhões de Meticais desembolsados pelo Governo no âmbito do Programa Nacional de Abastecimento de Água e Saneamento Rural (PRONASAR), foi construído um sistema que serve presentemente 12 mil dos cerca de 16 mil habitantes. Preparado para futuramente servir um total de 20 mil consumidores, o sistema comporta uma fonte de captação com seis furos numa capacidade de 70 metros cúbicos por hora, estação de tratamento, cinco reservatórios e uma rede de distribuição com uma extensão de 28 quilómetros.

O Presidente da República, Filipe Nyusi, que presidiu o acto inaugural, destacou que a falta de água estava na lista das preocupações que a população de Zitundo apresentava, para além da melhoria do abastecimento de energia, serviços de saúde, educação e de comunicação. Referiu que o novo sistema torna-se encorajador pelo facto de poder atingir o nível de 60 por cento de consumo de água na região. Leia mais...

Texto de Benjamim Wilson

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)