COVID-19: 1351 pessoas recuperadas em apenas uma semana

 

Moçambique registou na semana que ontem findou o maior número de pessoas dadas como clinicamente recuperadas da covid-19. Trata-se de 1351 indivíduos, maior número registado desde a eclosão da doença em Março último.

O país registou um aumento de 422 casos comparado a igual período da semana anterior, o que eleva o cumulativo de indivíduos que se livraram desta doença para 7203, o que corresponde a 73,2 por cento.

Dados do Ministério da Saúde (MISAU) indicam que até ontem 70 indivíduos morreram da doença no país, das quais um nas últimas 24 horas. A vítima, um indivíduo de 51 anos de idade, do sexo masculino e de nacionalidade moçambicana, perdeu a vida após o agravamento do seu estado clínico, durante o período de internamento numa unidade hospitalar da cidade de Maputo. 

Os casos positivos registados de segunda-feira até ontem são também animadores, comparado a igual período da semana passada, tendo havido uma redução de 418 casos. Só na semana anterior, 1066 pessoas receberam diagnóstico positivo para o novo coronavírus.

CIDADE DE MAPUTO COM MAIS INFECÇÕES

 Apesar da redução de casos no país, a cidade de Maputo continua com um cenário preocupante. Do total de 648 indivíduos que receberam o diagnóstico positivo durante a semana, 322 são deste ponto do país.

Até ontem, 42 indivíduos encontravam-se internados nos Centros de Isolamento da Covid-19 e em outras unidades sanitárias, sendo que a maior parte destes encontra-se na cidade de Maputo.

Os pacientes internados padecem de patologias crónicas diversas, sendo que as mais frequentes são a hipertensão arterial e as diabetes.

 INFOGRAFIA

Recuperados

Segunda-feira: 252

Terça-feira: 254

Quarta-feira: 454

Quinta-feira: 99

Sexta-feira: 260

Sábado: 32

Classifique este item
(0 votes)