CIDADE DE TETE: Matundo apresenta maior nível de infecção por covid-19

O bairro Matundo, dos 9 que constituem o Conselho Municipal da cidade de Tete, apresenta a seropositividade comunitária mais elevada com 1,7 por cento segundo ditou o Inquérito Sero-epidemiológico de SARS-CoV-2, cujo resultado preliminar foi ontem divulgado pelo Instituto Nacional de Saúde na cidade de Tete.

O bairro, o mais populoso da autarquia, ao apresentar a maior sero- -prevalência, chama atenção para a necessidade de intensificação das acções de prevenção, segundo recomenda a equipa de inquiridores.

A Polícia da República de Moçambique (PRM) e os transportadores de médio e longo cursos representam os grupos profissionais mais expostos ao novo coronavírus na cidade de Tete, com sero-prevalências de 2,9 e 1,5 por cento, respectivamente.

Os dados do inquérito apontam ainda que os adolescentes e jovens são o grupo mais exposto ao nível dos grupos etários, com uma prevalência de 1,4%.

O director geral adjunto do Instituto Nacional de Saúde, Eduardo Samo Gudo, disse no encerramento da cerimónia de divulgação dos resultados preliminares do inquérito sero-epidemiológico da cidade de Tete que estes dados permitirão desenhar estratégias para assegurar a protecção destes grupos profissionais que são essenciais no quotidiano do município da cidade de Tete. Leia mais...

TEXTO DE BERNARDO CARLOS

Classifique este item
(0 votes)