LINHA-FÉRREA BEIRA-MACHIPANDA: CFM-Centro prepara retoma de comboios de passageiros

Todas as estações da linha- -férrea Beira-Machipanda serão reabilitadas para permitir a retoma dos comboios de passageiros, em 2022, altura em que se prevê estejam terminadas as obras de restauração da ferrovia.

Com efeito, segundo a empresa Porto e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM), a estação de Dondo, em Sofala, vai a obras antes do fim deste mês.

A retoma dos comboios nesta ferrovia que liga a cidade portuária da Beira e a República do Zimbabwe, numa extensão de 317 quilómetros, insere-se no âmbito da responsabilidade social dos CFM.

Os comboios de passageiros, recorde-se, foram interrompidos nesta ferrovia em 1987, devido ao agravamento da guerra dos 16 anos e ao avançado estado de degradação da via, o que provocava descarrilamentos frequentes. Mais tarde, em 1988, foi também suspensa a circulação no troço Beira-Nhamatanda.

Assim, neste momento o transporte rodoviário é a única alternativa na ligação Beira-Machipanda, apesar de ser relativamente mais caro e com elevados níveis de acidentes.

Sancho Quipiço Júnior, gestor da Brigada de Reconstrução da Linha de Machipanda, garantiu que está em curso a aquisição de mais meios circulantes, como locomotivas, vagões e carruagens para a reintrodução do comboio de passageiros entre Beira e Machipanda. Leia mais...

Texto de Horácio João

Classifique este item
(0 votes)
Última modificação: Sábado, 19 Setembro 2020 23:07