INQUÉRITO: Cidadãos opinam sobre a reabertura dos ginásios

O país observa desde o início do mês de Setembro a segunda fase de relaxamento de algumas restrições impostas pelo novo coronavírus, como é o caso da reabertura dos ginásios. Contudo, diariamente regista-se o aumento significativo de casos positivos e óbitos, o que pode revelar falhas no cumprimento das medidas de prevenção. É sobre esta matéria que domingo foi à rua colher a opinião dos leitores.

Precisamos de reanimar a economia

– Vina Chelengo, estudante

 Não será fácil evitar o aumento de casos positivos com o relaxamento de algumas medidas como a abertura dos ginásios, mas precisamos de reanimar a economia.

Devemos continuar a observar o distanciamento físico e as restantes medidas de prevenção, mas eu prefiro continuar a praticar exercícios em casa para reduzir os focos de contaminação.

 A medida é acertada

– Vagner Mário, engenheiro civil

 Foi uma medida acertada porque os ginásios só serão um foco de contaminações se não forem observadas as medidas de prevenção, mas, no meu caso em particular, onde eu pratico actividade física, as máquinas são regularmente desinfectadas.

Por mais que eu não use a máscara durante a actividade física, se respeitar o distanciamento e higienização não haverá muitas contaminações.

 Não se vai evitar contacto

 – Jacinta Cossa, estudante

 Não é medida acertada, porque dificilmente vai se evitar contacto com as máquinas que são tocadas frequentemente. Por mais que se desinfecte nalgum momento podem não conseguir corresponder à demanda e os utentes estarão vulneráveis.

Acho que se devia permitir somente a prática de actividade física ao ar livre porque as pessoas ficam menos expostas ao vírus. Leia mais...

Classifique este item
(0 votes)