Print this page

Sobre os Heróis do dia 7 de Setembro de 1974 na R.C. de Lourenço Marques: um TPC para os Historiadores (Interrupção)

Setembro 19, 2020 476

É claro que “anónimo” significa literalmente uma pessoa desconhecida, alguém que não tem fama. Porém, alguns anónimos podem tornar-se reputados se houver esforço e interesse em reconhecer-se o seu valor.

E o caso da “Revolução” do dia 7 de Setembro na Rádio Clube de Lourenço Marques teve repercussão a nível do país e não só. E, como disse Fidel Alejandro Castro Ruz, falecido Presidente de Cuba, durante o seu julgamento em 1953, defendendo-se como advogado: “Uma revolução não é um leito de rosas. Uma revolução é uma luta até a morte entre o futuro e o passado; Condenem-me, não importa, a História me absolverá”. Daqui insistirmos que os “Heróis Anónimos” não podem ser, de forma deliberada, simplesmente ignorados. É certo que o verdadeiro herói é o Povo Moçambicano, todavia, insistimos em que os investigadores do Centro de Pesquisa da História da Luta de Libertação Nacional, “CPHLLN”, (Ministério dos Combatentes), e demais historiadores façam a devida busca e averiguação para achar-se mais mulheres e homens audazes que se distinguiram pela sua entrega no dia 7 de Setembro de 1974 nas províncias. Isso sem pôr em causa de forma alguma o protagonismo dos “Laurentinos do Galo Amanheceu”. Pelo contrário. O que estamos a dizer é que o movimento rapidamente repercutiu-se país adentro, através das capitais provinciais e teve imitadores, ou seguidores, muitos que ainda estão vivos, e merecem ser igualmente reconhecidos e valorizados. No caso da cidade de Tete, deveria (deve-se) contactar, por exemplo, a Dr.ª Fernanda La Salete de Vasconcelos Teixeira, então locutora na Rádio Clube de Moçambique, Delegação de Tete. A Dr.ª La Salete é esposa do multifacetado jornalista Dr. Manuel Jorge Tomé, antigo director geral da Rádio Moçambique (1988), antigo deputado da AR e antigo secretário-geral da Frelimo e “pai” da famosa canção “NDAPHOTA”, entre outras coisas. Actualmente, ambos vivem na cidade de Maputo. Leia mais...

Classifique este item
(0 votes)
Última modificação: Sábado, 19 Setembro 2020 22:00