INQUÉRITO: Como evitar contaminações com a covid-19 nas praias?

O estado de calamidade pública decretado pelo Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, prevê o relaxamento de algumas medidas, como a frequência a praias, a partir do dia 15 do mês em curso. Neste contexto, domingo foi à rua para saber dos seus leitores como evitar contaminações com a covid-19 naqueles espaços públicos.

 Temos de ter consciência

 - Miguel Cossa, trabalhador

 Infelizmente, as pessoas encaram o relaxamento de algumas medidas de prevenção como se a pandemia tivesse passado. Notei que antes mesmo de a medida entrar em vigor, já havia um fluxo intenso de pessoas às praias.

A abertura foi para que o fizessem de forma cautelosa, o que não vai acontecer na prática. Acho que as medidas não estão fora dos limites, o que podemos apelar é a consciência das pessoas de modo a evitar a propagação da doença.

 Dificilmente se vai cumprir

- Edson Alfredo, psicólogo

 As praias por si sugerem um ambiente de aglomeração, embora se tenha restringido o consumo de bebidas alcoólicas, ainda são consumidas. Sob efeito de álcool dificilmente as pessoas vão cumprir com algumas medidas como é o caso do distanciamento social. Portanto, devia-se esperar um pouco mais para permitir a frequência a praias.

Não foi uma medida acertada

 - Géssica Filipe, estudante

 É nos momentos de lazer onde mais nos descuidamos. Acho que frequentar praias só vai contribuir para o aumento de casos do novo coronavírus no país. As pessoas ficam eufóricas, abraçam-se e consomem álcool.

Por mim, abrir igrejas, escolas e restaurantes já é suficiente para que não nos sintamos entediados.

 Respeitar todas as medidas

 - Quitélio Chissungo, trabalhador

 Estando lá as pessoas vão querer mergulhar e, para isso, terão de tirar a máscara protectora, o que vai deixá-las vulneráveis. Mas, já que a medida foi tomada, é imperioso que estejam cientes que podem até frequentar a praia, mas tendo em conta todas as medidas de prevenção.

Para mim, este não é o momento certo para abrirem as praias, atendendo e considerando que se aproxima o Verão. As pessoas vão se movimentar em massa e será impossível cumprir com as medidas. Leia mais...

 

 

Classifique este item
(0 votes)
Script: