Covid-19 está a prejudicar mobilidade de mercadorias

O ministro da Indústria e C o m é r c i o , Carlos Mesquita, reconheceu ontem, em Maputo, que a pandemia do novo coronavírus está a impactar negativamente a economia moçambicana, bem como da região, tornando difícil a mobilidade de pessoas e mercadorias dum país para o outro, dificultando, deste modo, o fluxo do comércio.

“Estes factores estão a concorrer para o agravamento do défice na conta corrente da balança de pagamentos, impactando negativamente na entrada de divisas em moeda externa, com particular destaque para o dólar norte-americano, tendo em consideração que o comércio internacional é a força motriz para o desenvolvimento de qualquer economia”, realçou.

Mesquita intervinha no decurso do Webinar de reflexão sobre o impacto e desafios da pandemia do novo coronavírus na Balança Comercial de Moçambique, no contexto da SADC, ocorrido, ontem em Maputo.

No entanto, segundo o governante, apesar do choque que se verificou, no primeiro semestre do corrente ano, e que resultou num abrandamento significativo do nível de actividade empresarial, projecta-se, para o segundo semestre, uma tendência de recuperação gradual da actividade empresarial, podendo o nível da perda de facturação baixar de 65 por cento, para 32 por cento. Leia mais...

Classifique este item
(0 votes)