Print this page

Cansei-me do nosso negativismo!

Agosto 01, 2020 578

Era uma vez um povo originário do continente africano. Esse povo tinha o seu país banhado pelo oceano Índico, com uma costa marítima de aproximadamente 2700 quilómetros. Uma dádiva que poucos países no mundo têm.

Hospitaleiro e, em alguns casos, humilde, esse povo constituído por várias etnias que falam diversas línguas e com um enorme potencial cultural, incluindo a gastronomia, sempre foi reconhecido mundialmente como um povo afável, acolhedor e simpático. É o povo moçambicano, do qual eu também faço parte com muito orgulho.

Há igualmente, pelo mundo fora, o elogio positivo à nossa maneira de sabermos receber as pessoas, sermos divertidos no que diz respeito à dança, canto e capacidade de improviso, quando tal se mostra necessário, tudo em busca de uma satisfação plena para o nosso visitante.

A nossa “bandeira” para muitos estrangeiros com destaque para os turistas é o camarão, bem acompanhado da cerveja 2M que substituiu a Laurentina. A estas iguarias acresce-se a irresistível mathapa, mucapata e o frango zambeziano regado com aquelo molho de coco. Sem esquecer as nossas praias lindas e paradisíacas. Somos uma marca como um povo. Aliás, a expressão Moçambique é maningue nice em nós cabe como uma luva. Leia mais...

Por Frederico Jamisse

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)