DO AEROPORTO DE NAMPULA: Sala VIP pode estar a ser usada para tráfico de minérios

O inspector-chefe dos Recursos Minerais da província de Nampula, Augusto Cumbana, diz suspeitar que a Sala VIP do Aeroporto de Nampula esteja a ser usada para o tráfico internacional de minérios, com realce para o ouro e pedras preciosas diversas, uma vez que os inspectores por si dirigidos são barrados de aceder ao local pelo pessoal de segurança deste recinto.

“Temos tido problemas para controlar a exportação de minerais principalmente no Aeroporto Internacional de Nampula e nos postos fronteiriços por défice de capacidade técnica e humana. Não temos os nossos técnicos nos postos fronteiriços e no aeroporto o problema está na Sala VIP para a qual não nos é permitido o acesso para fiscalizar”, disse.

Cumbana revelou que a mesma dificuldade se estende para o relacionamento com o pessoal de catering que não é fiscalizado pelos inspectores de Recursos Minerais e Energia. “Acreditamos que por essas duas portas, provavelmente, possa estar a acontecer algum contrabando”.

Segundo Cumbana, a equipa de segurança do aeroporto não permite que a Sala VIP e a área de catering sejam fiscalizadas. “Eles limitam as áreas às quais os inspectores devem aceder, apesar de existir uma norma que autoriza o nosso acesso a qualquer espaço daquele recinto”. Leia mais...

Texto de Jorge Rungo

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)
Script: