Bairros da cidade de Nampula afectados pelo novo coronavírus

-Eduardo Samo Gudo, director adjunto do Instituto Nacional de Saúde, revela ao domingo as principais linhas do primeiro inquérito sero-epidemiológico

A cidade de Nampula, em transmissão comunitária da covid-19, foi alvo, de 17 a 27 de Junho, do primeiro inquérito sero-epidemiológico do país.

“Todos os bairros estão afectados pela covid-19 e existe uma heterogeneidade entre eles”,esta é uma das principais constatações da equipa liderada por Eduardo Samo Gudo, director nacional adjunto do Instituto Nacional de Saúde (INS).

Segundo aquele médico, o estudo apurou que todas as faixas etárias estão afectadas e todos os grupos profissionais estão em risco, sendo os vendedores informais os mais expostos.

Entre os profissionais da Saúde, os técnicos de laboratório são o grupo mais exposto com 13%, sendo os médicos os menos com 4% de exposição ao risco.

Nas linhas que se seguem, domingo reproduz excertos mais significativos da conversa- -balanço com o director nacinal adjunto do INS.

Foi realizado na cidade de Nampula um programa de testes rápidos, de averiguação de anticorpos. Qual foi o objectivo dos mesmos e qual foi a sua abrangência?

O inquérito tinha como objectivos identificar áreas de maior transmissão do novo coronavírus na cidade de Nampula; identificar grupos profissionais mais afectados; mapear as áreas geográficas mais afectadas e entender os factores associados à maior transmissão do vírus. Leia mais...

Classifique este item
(0 votes)
Script: