VIOLÊNCIA SEXUAL: Menor com incontinência fecal recebe alta hospitalar

A menor de 10 anos que contraiu incontinência fecal, depois de ter sofrido violação sexual, crime cometido por um indivíduo de 36 anos de idade, no ano passado, no bairro da Zona Verde, Maputo, já teve alta hospitalar, na semana passada, depois de quase um mês de tratamento fisioterapêutico no Hospital Central de Maputo.

Vânia Matine, advogada da família, referiu que a menor está melhor, e não apresenta mais nenhuma queixa. Não usa mais fraldas descartáveis. No entanto, acrescentou que ainda prossegue o acompanhamento psicológico, com algumas profissionais do Hospital Central de Maputo.

De referir que este caso vinha sendo reportado pelo nosso jornal desde princípios do presente ano, sendo que, em várias edições, narrámos o sofrimento que a menor vinha passando, juntamente com a mãe e avó.

Como a falta de recursos financeiros para o cumprimento das necessidades médicas, para além de um acompanhamento psicológico, a família passou por vários constrangimentos. Leia mais...

Classifique este item
(0 votes)
Script: