A Escola de Comunicação e Artes (ECA) da Universidade Eduardo Mondlane (UEM) passará, a partir do ano lectivo de 2020, a funcionar em instalações próprias. Para o efeito, serão inauguradas, em Novembro próximo, no Campus universitário, as novas instalações daquela escola, cujas obras estão em curso desde 2017, onde igualmente irá funcionar o Instituto Confúcio. Neste momento, decorrem acabamentos, mormente o melhoramento do chão, colocação de janelas, portas e iluminação.

A ECA, de entre várias divisões, terá nove salas de aula com capacidade para 60 lugares, biblioteca, gabinetes de trabalho, laboratórios e um anfiteatro com 180 lugares. O Instituto Confúcio terá 12 salas com capacidade de 30 lugares, cada, gabinetes de trabalho e um anfiteatro de 180 lugares.

A partir do próximo mês inicia a transferência de equipamentos e mobiliário que vêm sendo usados nas actuais instalações, em regime de aluguer, na baixa da cidade de Maputo, um processo que poderá decorrer até princípios do próximo ano. Leia mais...

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 61,11 62,29
ZAR 4,16 4,24
EUR 67,19 68,49

12.09.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 287 visitante(s) ligado(s) ao Jornal