O Governo da província de Maputo está a promover a vacinação de cães com o propósito de eliminar a raiva.

A informação foi confirmada, segunda-feira, pela directora provincial de Saúde de Maputo, Iolanda Santos, no distrito de Marracuene, durante as cerimónias provinciais de celebração de 28 de Setembro, Dia Mundial da Raiva, este ano se comemora sob o lema "Raiva: Vacinar para Eliminar".

A província de Maputo tem 34 mil e 518 cães, dos quais 24 mil e 566 foram vacinados, este ano, o que corresponde a 71 porcento de cobertura. A meta abranger todos os caninos.

Durante o presente ano a província registou 1195 casos de mordeduras canina, sem óbito, contra 1073 casos de mordedura e oito mortos devido a raiva, em 2018.

Iolanda Santos Tchamo exortou aos técnicos do sector e os governos locais a dedicarem o seu saber na luta contra a doença, bem como na sensibilização das comunidades para maior responsabilidade sobre os animais, levando-os para vacinação.

Pediu melhores cuidados para que os animais não abandonem as residências para viverem na rua, situação que representa grande risco na transmissão da raiva. 

Iolanda Santos recordou ainda que em caso de mordedura ou agressão por animais contaminados deve-se imediatamente lavar a ferida com água corrente e sabão por 15 minutos e dirigir-se o mais rápido possível à unidade sanitária.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 61,11 62,29
ZAR 4,16 4,24
EUR 67,19 68,49

12.09.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 756 visitante(s) ligado(s) ao Jornal