Inicia amanhã na capital tunisina, Tunis, a primeira Plataforma África-Árabe para a Redução do Risco de Desastres, evento que é co-organizado pelas comissões da União Africana e da Liga dos Estados Árabes, Governo da Tunísia e o Gabinete das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres.

Trata-se de um evento que decorrerá até ao final da semana e que tem como objectivo colher e sistematizar os progressos feitos pelo conjunto dos países africanos e da Liga Árabe no que se refere à implementação do Quadro de Sendai 2015/2013 que foi adoptado na Terceira Conferência Mundial sobre a Redução do Risco de Desastres, realizada em Março de 2015, em Sendai, Miyagi, no Japão.

O referido quadro orienta os países a materializarem planos concisos voltados para o futuro e para a acção para que se construa a resiliência das nações e comunidades face ao aumento do número e da intensidade dos desastres entre outras acções e estratégias que devem ser levadas a cabo com base na cooperação entre os estados.

Entre outras acções, o Quadro de Sendai recomenda a que os países assumam o compromisso de reduzir o risco de calamidades e de aumentar a resiliência, sendo que para o efeito devem incluir estas matérias nas suas políticas, planos, programas e orçamentos a todos os níveis.

Leia mais...

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 61,72 62,95
ZAR 4,18 4,26
EUR 68,69 70,06

18.10.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 407 visitante(s) ligado(s) ao Jornal