A gasolina, o gasóleo e o gás de cozinha estarão mais caros a partir de hoje. Assim, o litro da gasolina passa a custar 69,53 contra 66,59; o gasóleo 64,66 contra 62,99 Meticais, enquanto o gás de cozinha passou para 61,13 contra 60,33 Meticais por quilograma.

Segundo o director nacional de Hidrocarbonetos e Combustíveis no Ministério dos Recursos Minerais e Energia, Moisés Paulino, o petróleo de iluminação e o gás natural veicular mantêm os preços nos 50,33 Meticais por litro e 31,97 Meticais por quilograma.

Os preços acabados de anunciar irão vigorar nos postos de venda e de abastecimento dos combustíveis líquidos situados nas circunscrições territoriais e terminais oceânicas da Matola, Beira, Nacala e Pemba.

Numa conferência de imprensa havida há momentos em Maputo, o director-geral da IMOPETRO, João Macandja, explicou que o novo reajustamento reflecte, em grande medida, a conjuntura dos preços de Maio e Junho, altura em que o mercado ressentiu-se da queda da produção devido a problemas políticos no Irão e na Venezuela, alguns dos maiores produtores mundiais de petróleo.

Hoje, o mercado internacional vive momentos de estabilidade, mas essa estabilidade só se vai fazer sentir nos preços futuramente”, concluiu João Macandja.