A Turquia utilizará os seus mísseis anti-aéreos russos apesar das ameaças de sanções norte-americanas, declarou ontem um responsável do Ministério da Defesa, dois dias após um encontro entre os presidentes norte-americano e turco.

“Faremos o que temos de fazer e (o sistema de mísseis) será utilizável. O modo como será utilizado será objecto de uma decisão posterior”, disse Ismail Demir, responsável pela compra de armamento no Ministério da Defesa turco, à emissora CNN Turquia.

Devemos respeitar o acordo que assinámos e é do interesse do nosso país”, adiantou.Leia mais...