A Embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém, reconhecida unilateralmente pelo Presidente norte-americano como capital de Israel, é inaugurada, amanhã, segunda-feira, dia do 70.º aniversário do Estado judaico, e contará com uma mensagem de Donald Trump transmitida por vídeo.

De acordo com um alto responsável norte-americano, em declarações aos jornalistas, o Presidente dos Estados Unidos irá dirigir-se aos convidados através de uma mensagem de vídeo, desconhecendo-se se será previamente gravada ou em directo.

O reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel e a transferência da embaixada instalada até agora em Telavive foram anunciados por Donald Trump a 6 de Dezembro, em consonância com a sua promessa eleitoral, mas em ruptura com décadas de consenso internacional.

Apesar da contestação da comunidade internacional e dos palestinianos, os Estados Unidos mantiveram a decisão.

O Presidente norte-americano tinha inicialmente expressado a sua vontade de assistir à cerimónia de inauguração, mas será afinal representado pelo secretário de Estado adjunto, John Sullivan, a sua filha Ivanka e o marido desta, o conselheiro da Casa Branca Jared Kushner.

“Estamos muito contentes e ansiosos por participar em tal evento histórico”, disse um alto responsável norte-americano, em Telavive.

São esperadas “cerca de 800 pessoas”, incluindo uma forte delegação do congresso norte-americano, na inauguração da embaixada, provisoriamente instalada no local onde estava o consulado norte-americano, enquanto é aguardada a construção de um novo edifício.

Leia mais...

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 63,6 64,83
ZAR 4,56 4,65
EUR 71,57 72,96

11.04.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 384 visitante(s) ligado(s) ao Jornal