O dossier da reestruturação da dívida da Ematum pode estar encerrado até ao fim da primeira quinzena de Outubro, já que o Governo espera sentar à mesa, a 30 de Setembro, com os titulares destes créditos para os convencer a aderirem à proposta apresentada em Maio.

Para o efeito, segundo o Ministro da Economia e Finanças, Adriano Maleiane, o Executivo deverá enviar, próxima semana, um convite aos titulares da dívida para uma espécie de assembleia geral, tendo em vista convencer pelo menos 75% dos “bondholders” a aceitarem os termos de reestruturação.

Conforme explicou, as regras internacionais do mercado de capitais impõem que um acordo definitivo de reestruturação de dívidas só pode ser viabilizado mediante acordo entre o devedor e os representantes de pelo menos 75 por cento do capital devido. Estão em causa 726,5 milhões de dólares norte-americanos, que venceriam em 2023, a uma taxa de juro de 10,5%.

O valor da nova emissão proposta é de 900 milhões de dólares, com maturidade a 15 de Setembro de 2031 e remuneração de 5% nos primeiros cinco anos e 9% posteriormente. Esta proposta conta com o apoio de 60% de portadores desde que foi apresentada, a 31 de Maio, precisando, neste caso, de mais 15% para alcançar os 75% exigidos. Leia mais...


Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 61,11 62,29
ZAR 4,16 4,24
EUR 67,19 68,49

12.09.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 372 visitante(s) ligado(s) ao Jornal