‒ Presidente Filipe Nyusi aos moçambicanos residentes em Portugal

“Não deixem de contribuir para o crescimento de Moçambique”, foi esta a tónica da conversa que o Presidente da República, Filipe Nyusi, manteve semana finda, em Lisboa, com a comunidade moçambicana residente em Portugal, no quadro da Visita de Estado que vinha efectuando a Portugal a convite das autoridades locais.

Em Portugal vivem aproximadamente três mil moçambicanos, entre diplomatas, estudantes e trabalhadores. É a este grupo que o Chefe do Estado moçambicano dirigiu-se, lembrando-o que Moçambique precisa da sua ajuda, cada um de acordo com as suas capacidades.

Aliás, o Presidente Filipe Nyusi disse, durante o encontro realizado no ISCTE Instituto Universitário de Lisboa que ele e o seu Governo estão atentos à performance dos quadros moçambicanos que trabalham e vivem na diáspora a quem os tem vindo a convidar para, através de actos e ideias, colaborarem para o crescimento do país.

No entanto, o Chefe de Estado explicou que contribuir não deve ser entendido apenas como um chamamento para exercício de cargos públicos.

Depois de considerar a diáspora como “reserva de conhecimento”, o Chefe de Estado assegurou estar a negociar com mais um quadro moçambicano que trabalha no estrangeiro no sentido de convencê-lo a voltar para o país e “acredito que vou conseguir”.

A outra forma de contribuir, segundo o Presidente da República, passa pela promoção da imagem de Moçambique a nível internacional, através da divulgação das potencialidades existentes, a exemplo da agricultura, turismo e recursos minerais e energia.

Ressalvou, no entanto, que a promoção do potencial de Moçambique depende, em grande medida, de uma melhor informação sobre a realidade do país. “Ao ouvir algumas coisas que foram aqui ditas, senti que algumas pessoas não estão actualizadas sobre a realidade de Moçambique”Leia mais...

Texto de António Mondlhane,

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 63,6 64,83
ZAR 4,56 4,65
EUR 71,57 72,96

11.04.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 375 visitante(s) ligado(s) ao Jornal