O Banco de Moçambique alerta que nos próximos quatro a cinco anos poderá ocorrer um grande fluxo de recursos financeiros em dólares que poderá conduzir à fortificação do Metical. Caso este cenário se confirme, quem tem conta em dólares poderá registar perdas reais do seu dinheiro.

O alerta foi dado por Jamal Omar, administrador do Banco de Moçambique (BM), quando solicitado a debruçar-se sobre as vantagens da desdolarização para a economia nacional. “Poderemos viver um período de grande fluxo de moeda estrangeira nos próximos quatro a cinco anos. O cenário mais provável é que a moeda nacional fique cada vez mais forte”, referiu.

Trata-se de um risco que é partilhado por outros intervenientes no mercado. Os economistas vêem “sério risco de implicações a nível monetário”, enquanto os cambistas entendem que a nova lei cambial tira-lhes oportunidade de expandir o negócio para as áreas de exploração de gás.

Tal entrada de dinheiro está asDinheiro está em risco sociada ao Investimento Directo Estrangeiro (IDE) que está a ser feito pelas empresas ligadas à exploração de hidrocarbonetos na região Norte do país, nomeadamente o consórcio liderado pela Anadarko (agora Total) e pela Ente Nazionale Idrocarburi (ENI). Leia mais...

Texto de Jorge Rungo e Angelina Mahumane 


Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 61,72 62,95
ZAR 4,18 4,26
EUR 68,69 70,06

18.10.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 397 visitante(s) ligado(s) ao Jornal

+ lidas