Estão quase assegurados, na totalidade, os 550 milhões de dólares americanos necessários para a implementação do projecto de linha de transmissão de energia de alta tensão a 400 kV entre Temane, em Inhambane e a cidade de Maputo.

Parte do valor, cerca de 420 milhões de dólares americanos, são financiamento do Banco Mundial e 30 milhões de dólares americanos do Reino da Noruega em forma de donativos, segundo apurou o domingo.

A linha de transmissão de energia entre Maputo e Temane é um projecto estruturante e é uma inicitiva do Governo de Moçambique e da Electricidade de Moçambique (EDM) que irá permitir maior segurança e disponibilidade de energia para vários projectos nas províncias de Inhanmabe, Gaza e Maputo para além de viabilizar novas ligações a clientes.  

O Banco Islâmico de Desenvolvimento aprovou este mês um financiamento concessional de 99.7 milhões de dólares americanos para apoiar o desenvolvimento do projecto da Linha de Transmissião Temane – Maputo.

O Banco Africano de Desenvolvimento e o Banco de Desenvolvimento da Africa do Sul, deverão participar para o mesmo projecto com um financiamento de 33 milhões de dólares americanos e 50 milhões de dólares respectivamente.

Em face destes desenvolvimentos e na esteira desta iniciativa, a Electricidade de Moçambique em parceria com a Globeleq Africa Limited /EleQtra (“Globeleq / EleQtra”) e a Sasol New Energy Holdings Ltd (“Sasol”), irão desenvolver um projecto de produção independente de energia de 400 MW em Temane na Província de Inhambane, em Moçambique.

O IPP de Temane será ligado à rede eléctrica na área de Maputo através de uma linha de transmissão de 560 km, 400 kV, incluindo 3 novas subestações, conhecidas como o Projecto de Transmissão de Temane (TTP).

O TTP é a primeira fase da maior interligação entre Maputo e a província de Tete, conhecida como Sociedade Nacional de Transporte de Energiaou seja a Espinha dorsal da Rede nacional de Transporte de energia eléctrica

Elaborado como uma operação integrada, que inclui simultaneamente investimentos públicos e privados, o Projecto Regional de Electricidade de Temane (TREP) irá financiar a construção de uma linha de transmissão de alta tensão de 563 km entre Maputo e Vilankulo-Temane e apoiar o financiamento do sector privado de uma central de ciclo combinado de 400 MW,.

Em conjunto essas operações deverão reforçar a produção e transmissão de energia em Moçambique e na África Austral.

O projecto possibilitará um investimento privado de 750 milhões de dólares apenas na produção.

 O Governo de Moçambique lançou em finais de 2018 o Programa Nacional de Electrificação, que tem como objectivo levar energia eléctrica às famílias mais desfavorecidas ainda sem acesso a luz eléctrica.

Trata-se de um projecto alinhado com a nova agenda de desenvolvimento sustentável que pretende assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos.

 

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 61,11 62,29
ZAR 4,16 4,24
EUR 67,19 68,49

12.09.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 297 visitante(s) ligado(s) ao Jornal