EDITORIAL: É tempo de agir!

A Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) está determinada a erradicar a acção dos terroristas que, sob pretextos até aqui desconhecidos, colocam em cheque a vida humana, o desenvolvimento e a estabilidade na província de Cabo Delgado.

O drama humanitário que se vive naquela província e nas outras em redor justifica uma acção concertada entre as nações na região, as quais anunciaram há dias que vão agir em bloco através da activação de uma cláusula do Pacto de Defesa Mútua subscrito, em Agosto de 2008, na Tanzânia.

Entre outros aspectos, este instrumento prevê no seu Artigo 6 a autodefesa e a acção colectiva, enunciando que “um ataque armado contra um estado- -membro será considerado uma ameaça à paz e segurança regional e tal ataque deverá ser enfrentado com acção imediata”.

A região decidiu tomar esta decisão depois de analisar os resultados do trabalho de campo levado a cabo por uma missão técnica de avaliação por si constituída que trabalhou no país e que propôs o envio de militares para ajudar Moçambique no combate ao terrorismo em alguns distritos da província de Cabo Delgado. Leia mais...

Foto de Carlos Uqueio

Classifique este item
(0 votes)