Print this page

Nicolau “deu cabo” da carreira de Aniceto dos Muchangos

Abril 24, 2021 513

Em tempos, antes da independência, Aniceto dos Muchangos, vindo de Chimoio, província de Manica, de família religiosa, brotou para o futebol de forma “estrondosa”. Já naqueles tempos, ao serviço da Académica de Lourenço Marques, fazia a missão de lateral, explorando o corredor direito, com elevada qualidade técnica. Perante jogadores adversários de “barba rija”, Aniceto dos Muchangos impunha-se com a sua “barbicha” característica e usava o seu físico franzino para descarregar toda a técnica que Deus lhe conferiu.

Num desses dias, o conceituado técnico Jimmy Hagan, de nacionalidade inglesa, mas nascido em Washington, Estados Unidos, veio à então Lourenço Marques (Maputo), antes da independência, para apreciar um “ponta esquerda” que era bastante referenciado: Simões, na altura futebolista do Desportivo. A qualidade de Simões era bastante referenciada em Portugal e Jimmy Hagan quis testemunhar de perto essas qualidades num Desportivo-Académica para levá-lo ao Sport Lisboa e Benfica.

Infelizmente, essa partida não correu de feição ao Desportivo, que perdeu por 0-1 com a equipa na altura treinada por Perides, nem para Simões, com uma exibição para esquecer, mas Aniceto dos Muchangos destacou-se e caiu nas graças do técnico inglês, falecido em 1998. Leia mais...

TEXTO DE JOCA ESTÊVÃO

Classifique este item
(0 votes)